Focus

Permuta no Ramadan, tradição no jejun junto ao saraniano no sara marroquino

Hoje a quebra de jejun no ramadam junto aquele que você pergunta se repete   entre homens e mulheres nas provincias do sul, e ao longo do mês do jejum. E uma tradução que taduz o comportamento do povo face ao jejum.

E um modo de fazer porque as pessaos sarauis se organizam neste mês especialmente de modo que cada um por seu turno a convidar e a paricipar neste modo de vida junto ao saraniano no âmbito deste mês sagrado do ramadan” tradição essa que foi mantida e respeitada pelos amigos, mulheres, homens, familias, tribos, jovens e velhos, por todos de forma a comemorá-lo e organizá-lo junto a outros.

E com respeito ao turno de cada vez um que os convide neste mês sagrado do ramadan, diferente de qualquer outro mês do ano.

A tradição que envolve “turno por cada vez um” significa tratar de organizar grupos dos amigos como membros capazes de  manter  uma turma com respeito ao espírito da tradição que começa logo após a quebra de jejum. Isso reflete a preocupação das pessoas organizadores que  perguntam sobre a mesas de “FOTUR” do modo da preparação da comida após a quebra do jejum, além disso trata dos objetivos e justificações sobre o programa e o lugar onde vão sindo convidadas as pessaos pelo próximo dia.

A ideia de ter um por cada vez o que se chama em árabe “ Nauba” constitue um objetivo social e uma forma de aproximação e ligação entre as pessoas de forma sóilida e harmoniosa neste mês do ramadam para o povo das regiões do sul. Este hábito promove ainda reuniões de poseia e cultura Hassani, refletindo competições entre os participantes, especialmente a poesia lirico “ tratando  também de eventos populares como “ DAMA” “ SIK”.

Nestas competições alguns buscam lutar para ganhar rapidamente  no jogo como estabelece a norma da competição. Além de outro jogo modernos como “ Domino” e jogo de carta.
Todas esses jogos são preprados e comemorados entre as pessaos de forma heroica estabelecendo fases e no final vão ser divulgados os grupos ganhadores e isso é so nos últimos dias do ramadam.

Antes como, nessa ocasião vão ser divulgados os nomes dos ganhadores face aos grupos perdidores que aceitam a derrota dentro de um espirito fratenral e com respeito ao mês sagrado de ramadan.


O prazer de jugo continua sendo a emoção princiapal junto a todas as idades, homens e mulheres, jovens e idosos que festejam diante das competições “ SIK” e “ DAMA” onde os gritos dos jogadores vão sendo ouvidos por todos os lados.

Essa tradição de um por cada vez organizar o evento dentro do príncipio da quebra de jejum, trata de um tempo que vai ser  prolongada por toda noite do ramdam, como se fosse para os sarauis a luz do dia. O tempo comença logo após terminar a oração da noite, última das cinco orações do dia, seguida das orações complementares pelo mês sagrado do ramadan.

Mas tudo isso comença com pessaos que se encontram por intuido de troca de ideias e opiniões. Entrurno da mesa que eles chamam do “Chá” formado com três elementos necessários  “ grupo, arranca, carvão aceso” que são os principais elementos herdados  entre o povo saraui.

Fonte/Corcas

 
 
 

  
  
Copyright 2006-2019 © CORCAS