Tidguit

Entre os métodos tradicionais de preparação da carne de camelo nas regiões do Sul de Marrocos, figura o prato chamado "Tidikt" ou "Tichtar",  que permite conservar a carne durante um espaço de tempo muito mais longo.

A sua preparação começa após a matança do camelo e depois da sua carne ter sido distribuída, em  partes iguais, às numerosas famílias que constituem uma zona de tendas geralmente chamada "lafrik".

Quando a família recebe a sua parte de carne, corta-a em bocados, em seguida retira e derrete a matéria gorda até que esta tome a forma de um líquido branco chamado "Aludek".

Em seguida, a carne é posta a secar, ficando exposta directamente ao sol. Quando a carne estiver completamente seca, é colocada em sacos especiais, e a este tipo de carne conservada dá-se o nome de "Tichtar".

Esta carne seca “Tichtar” é, depois, cozida em lume brando, com um pouco de água,  e procede-se à sua moldagem até que esta obtenha a consistência de uma  pasta;" em seguida é acrescentado um pouco do molho  da cozedura do Tichtar. Por vezes, também se acrescenta a este tipo de carne um tipo de gordura especial.

De facto, para os Habitantes do Sara, o Tidikt "ou o Tichtar é considerado como uma das duas melhores ofertas que se pode apresentar aos convidados;" constitui igualmente um meio de aproximação e de benevolência para as pessoas idosas (homens ou mulheres), e representa também uma fonte de provisão alimentar para o viajante.


    
Copyright 2006-2019 © CORCAS