Boulaghmane

Boulaghmane é considerado como uma das refeições mais importantes para os  habitantes das províncias sarianas. É feito à base de cevada seca e moída a que se chama Magli ou Amagla.

Numa segunda fase, a farinha obtida a partir da cevada é posta num recipiente  especial conhecido sob o nome de Keddah. A farinha é misturada em seguida com água quente, açúcar e uma ou duas pitadas de sal a fim de realçar o gosto, e em seguida acrescenta-se manteiga pura a que os sarauis chamam Dahn.

Certas pessoas preferem acrescentar Wadak (gordura de camelo derretida e  destilada), ou azeite.

Boulaghmane é considerado como uma refeição nutritiva e fácil de preparar. Os sarauis  consideram-no como a melhor reserva alimentar que qualquer viajante pode levar consigo, porque elimina a fome e a sede.

Os sarauis preparam muito frequentemente Boulaghmane durante do mês de ramadão, aquando do Shour, que é a última refeição antes do nascer do sol.

Também é preparado para as pessoas que sofrem de acumulação de gorduras no estômago.


    
Copyright 2006-2019 © CORCAS