A criação de camelos

O homem saraui teve, desde sempre, uma relação muito especial com o camelo. Para os sarauis, o camelo é o navio do Sara (Safinatou Assahra) pelas suas capacidades de grande resistência nas longas deslocações no deserto.

O camelo ocupou sempre um lugar muito importante na vida dos sarauis, por ser  a sua fonte principal de lucro e o seu único meio de transporte e, ainda hoje, este animal  continua  a ser de grande importância para as jovens gerações que são conscientes do papel dos camelos no desenvolvimento dos seus antepassados.

Os camelos são animais de resistência que se adaptam sem dificuldade à vida no deserto como os beduínos. Os camelos são dóceis e são caracterizados por uma grande inteligência. São animais calmos e de grande eficácia independentemente de qualquer tipo de clima.

Compartilham as mesmas emoções que o seu mestre e defendem-no. Podem, por vezes, prevenir o seu dono de um perigo iminente movendo o seu pescoço em direcção deste perigo. Põem-se então de pé convidando o seu mestre a abandonar o local.



Este comportamento de dedicação e lealdade faz dos camelos um dos companheiros mais fiéis e queridos dos sarauis.


    
Copyright 2006-2019 © CORCAS